domingo, 7 de janeiro de 2007

Pensando no futuro

É engraçado como a nossa vida tem girado em torno do Canadá e de Toronto. Vamos comprar uma geladeira, amor? R.: Como assim? Ela vai para Toronto conosco? Então não. Vamos prestar um concurso? R.: Mas quando nos chamarem já estaremos com o passaporte na mão, rumo a Toronto. Sabe aquele notebook? Tá super barato. R.: No Canadá compramos um. :)) Vida parada e os pensamentos centrados no nosso sonho. Tem seu lado bom, mas as vezes cansa. Vamos e venhamos, uma geladeira para quem tem que correr atrás de dindim é realmente algo supérfluo, mesmo quando a sua tem exatos 10 anos de vida e foi comprada na época em que vc era só vc e, não, uma família. Pensando nisso, temos deixado quase todos os nossos sonhos de consumo para depois e concentrado esforços e recursos no que pode nos trazer benefícios futuros, já no tão sonhado Canadá. Entre as prioridades está o inglês motivo de muitos arrependimentos. Quando me lembro quantas vezes matei aula durante os inúmeros anos de escolas boas e com mensalidades altas pagas pelo meu queridíssimo pai... Dá até vontade de chorar. Fazer o quê? O tempo não volta, mas a gente bem que pode correr atrás. O Ênio também está vendo a questão das certificações. Como o rapaz gosta de estudar. :)) Acho que a de Java sai logo logo. No meu caso a coisa é mais séria. Ainda estou perdida e não sei bem por onde começar a me preparar para o mercado de trabalho do Canadá. Sou jornalista e sempre trabalhei em Assessoria de Imprensa. Sei que isso não vou poder fazer lá, pelo menos não até dominar o idioma, mas isso é outra história. Enquanto os dias passam (bem devagarzinho), nós vamos aqui sonhando e nos preparando. Já fizemos um levantamento de todos os dados que nos serão solicitados pelo consulado, onde tirar cada certidão, tudo, tudo... assim, quando preciso, estaremos prontos para enviar a documentação a jato.

8 comentários:

Luly :) disse...

Oi Carol!

É assim mesmo, até cansa isso de se privar das coisas por causa da mudança... Eu e o Wan um dia estressamos e foi aí que compramos a nossa Pipoca... hehehe...

Até mais!

Paulo disse...

Estamos na mesma situação, estamos avaliando todos nossos investimentos/despesas pensando no Canadá inclusive certificações de TI. Fiz um estudo de caso para o mercado de trabalho para meu perfil e aprendi muito com o mercado canadense. Publique este estudo em noss BLOG, acredito que é muito importante realizar um estudo especifico pois estamos tomando uma das maiores decisões de nossas vidas..

Re e Li disse...

Sei bem o que é isso...Faz tempo que ando meio estagnada,vivendo em função da mudança. Penso em estudar pra concurso, e por outro lado, questiono o que isso vai acrescentar em minha vida caso eu mude pro Canadá. Mas e se eu não mudar, por algum motivo de força maior, tipo, um visto negado???
Sei que viver assim é duro, mas vamos ter que aprender a lidar com a ansiedade. Assim como a Luly, que comprou a Pipoca, eu engravidei e com isso aprendi que uma coisa não exclui a outra, apenas se completam!

Mvaz disse...

Como a gente não tem controle sobre o futuro, principalmente nestas fases difíceis de espera, não dá para colocar 100% da vida em espera. Sugiro continuar tocando a vida "como se nada estivesse acontecendo", sem comprometer o trabalho atual, principalmente. Nunca se sabe se o processo vai demorar 6 meses ou um ano e meio.... Sei que é difícil, mas é o que nós concluímos da nossa experiência. Obrigada pelo comentário no meu blog. Beijos.

Paula Regina disse...

Oi Carol,
é isso mesmo! as vezes cansa sim mas depois compensa cada sacrifício acredite! Daí que imigrar é para os Fortes como gosto de brincar porque quando vcs chegarem aqui vão perceber que terão que continuar fazendo alguns sacrifícios pois o imigrante não começa tendo o mesmo padrão de vida que tinha ao sair do país. Mesmo com tudo isso repito, vale muito à pena.
bjs e boa sorte

Ana Paula disse...

Eu até ri com o início do seu post. Eu escrevi um parecido tem um tempo atrás, como adiamos TUDO da nossa vida em função desse grande projeto. Vai valer a pena. :) Vai sim.

Nanny Kyrillos disse...

Agora é a fase do Stand By, não tem como.
Para se ter uma idéia, meu primo trouxe um MP4 da china quando aqui no Brasil só tinha MP3. Eu toda empolagada e fã de tecnologia, comprei um!
Cheguei em casa doida pra mostrar por maridão que tb adora tecnologia e sabe o que ouvi?! Liga pra ele e diz que via devolver. Nós estamos economizando pro Canadá.
Você acha que adiantou argumentar que nós tinhamos acabado de receber a carta de abertura do processo?! Que nada. Devolvi!
Hoje estaria arrependida se tivesse ficado com o aparelinho...ou não!!!heheheheheh
Abraços, boa sorte e paciência na espera!

Jeanne disse...

Nós também estamos passando por isso. Gostamos muito de ler, então estávamos sempre comprando livros. Hj eles são o principal problema da mudança, pois teremos que alugar um local só para deixá-los até nos estabilizarmos no Canadá e resolver levá-los para lá.
Esse mês faz 6 meses que aplicamos e minha esperança é de que só tenha que esperar mais 6 meses, no máximo!
Bjs