terça-feira, 12 de maio de 2009

Um ano e cadê o Alemão?

Olá,
espero que todos estejam bem e tocando seus projetos. Por aqui, estamos vivendo e aprendendo. rs Vivendo bem rápido e aprendendo bem devarinho.

Já estamos aqui há um ano e já era de se esperar que falássemos alemão, não é? Pelo menos era isso que eu achava antes de vir para cá. Mas a verdade é bem diferente. Conheço pessoas que estão aqui há cinco anos e freqüentam o mesmo nível no qual me encontro, ou seja, na metade do BÁSICO.

Primeiro que essa língua não é exatamente simples. Os nossos simples "o" e "a" aqui viram "der" "die" e "das" (masculino, feminino e neutro) só para começar. Depois vêem as declinações e os artigos se multiplicam como mágica. rs Loucura total. E o pior é que não é como o Inglês, com o qual é possível sobreviver sem saber a gramática. Sem saber gramática e falando como índio a gente realmente não consegue se fazer entender.

A pronúncia tem fonemas que nós não usamos na língua Portuguesa. Minha maior dificuldade, por enquanto são Ö e Ü. Sem pronunciar isso direito a gente não consegue ser compreendido. E não é por frescura deles. Eles REALMENTE não entendem.

Se não fosse só isso, temos ainda o tal do dialeto. Vamos para a escola e aprendemos alemão, mas o que ouvimos no ônibus, nas lojas, restaurantes, consultórios, é o suíço alemão. Sabe aquilo de começar a entender a conversa dos outros na rua? Esquece.

Aqui todo mundo fala Alemão, mas só se você pedir. E as diferenças entre o Suíço Alemão e o Alto Alemão ou Alemão culto vão muito além de um sotaque ou de algumas expressões. Não é como sair do Sul do Brasil e conversar com alguém do Norte. A coisa vai muito além. É praticamente uma outra língua que, para quem não conhece, lembra o alemão. Depois que você começa a aprender a língua, o Suíço nem lembra mais a língua Alemã.

Isso dificulta um pouco a aprendizagem, mas a gente continua firme. Um pouquinho a cada dia. rs Eu já consigo entender o que me é dito e assistir um ou outro programa de TV. Também consegui assistir no cinema o filme Monster & Alien e entender boa parte. Falta agora a coragem de abrir a boca e falar, já que a minha pronuncia é uma tragédia a parte.

Bem, falei tudo isso pra dizer que não entendo mais o que a minha filha fala. rs A danada está aprendendo Suíço e Alemão. Quando ela dana a cantar em Suíço é um Deus nos acuda. Não entendo nada.

Para se ter uma idéia do tamanho da diferença, vou dar alguns exemplos:

Auf wiedersehen = Auf wiederlüge (não sei se se escreve assim)

Fish = Egli

Fahrrad = Velo

Guete = Gute

Socorroooooooooooooooooooooo.


Abraço,
Carol

7 comentários:

Flávia J. F. Solís disse...

Ahhhh Carol, esse é meu medo, rs... não entender a minha filha, o que poderá acontecer em breve se eu não correr atrás desse cara, o alemão, ou schwiizerdüütsch! :P

Marilena disse...

Olá Carol,

e eu reclamando da vida com o ingles podendo me comunicar mesmo falando mal!!! Imagino o seu sufoco porque pelo que o sergio diz, alemão é realmente bem mais complicado.

Boa sorte

Marilena

Sergio disse...

Bom, mas acho que voce está progredindo e muito. Entender um filme em alemão em 1 ano, acho que é uma excelente marca.
Alemão é difícil mesmo, não tem aquelas palavras latinas que nos salvam no ingles, e declinação é um caso a parte. Até a ordem das palavras na frase é importante! Tem fonemas que são realmente impossíveis para mim. É muito engraçado quando eu falo o sobrenome da minha avó perto da minha mãe (Kuester). Sempre tá errado, ela fala que é kuiuiuister, rs, rs. Abre a boca como se fosse falar u, mas na hora h fala i, ou o contrário, rs.
E o suiço alemão com certeza é pior, minha mãe tinha um cunhado suiço alemão, ela não entendia nada o que ele falava. E olha que alemão é a língua materna da minha mãe (que por incrivel que pareça é brasileira).
Mas agora só temos uma solução para o nosso problema, continuar estudando, continuar falando errado, continuar tentando, que uma hora a gente chega lá (quando eu não sei, rs)

.Mariana.Daniel. disse...

Nossa, Carol, nunca imaginei que o alemão fosse assim tão difícil! Se achei o francês complicadinho, nunca vou partir pro alemão... melhor ir pro italiano!

Aproveite pra filhota ir te ensinando as coisas! As crianças dão mesmo um show com línguas, hein?

Boa sorte!!!

Bjs,
Mari

Gelsa disse...

Bom eu tive a maior emoção da Leilinha cantar pra mim ao telefone em Alemão, simplismente amei. Quem sabe ela ira ajudar voces...rsrs..beijossss

Criska disse...

Huuum, que tal frequentar as aulas junto com a Leila? rs
Boa sorte aí!

Catia disse...

OI! Tô na mesma!Casei com um suíço q fala português muito bem, então falar alemão em casa eh muito raro! REalmente a vida por aki não fica nada fácil com o tal dialeto! Pensei q fosse a única nessa situação! Tô aki há seis meses! Sendo assim, me sinto mais igual!
Abraço e toda sorte do mundo com o Deutsch!
Bis Bald!